Publicado 28 de Agosto de 2020 - 16h23

Por AFP

A escritora portuguesa Lídia Jorge, uma das mais destacadas autoras contemporâneas da sua língua "pela sua imensa humanidade", venceu a Feira Internacional do Livro de Literatura em Línguas Românicas 2020, anunciaram os organizadores esta sexta-feira.

O prêmio, o maior concedido pela feira literária mais importante do mundo hispânico, é de 150 mil dólares e será entregue no dia 28 de novembro durante a inauguração da FIL na cidade mexicana de Guadalajara (Jalisco, oeste), informou a organização.

Lídia Jorge "sempre convida seus leitores a irem a algum lugar com ela e ela o faz com uma sutileza estética que não pode e não deve passar despercebida", disse o júri durante apresentação via streaming.

Jorge foi descrita pelo júri como "uma das principais autoras/autores de língua portuguesa por uma obra não só novelística mas também poética, ensaística e teatral".

Lídia Jorge nasceu em Boliqueime em 1946. Licenciada pela Universidade de Lisboa, recebeu vários reconhecimentos internacionais, mas o seu romance "A costa dos murmúrios", que reflete a experiência colonial passada na África, destacou-a no panorama literário. Português.

A FIL de Guadalajara celebrará este ano a sua XXXIV edição de 28 de novembro a 6 de dezembro, em dois locais oficiais devido à nova pandemia de coronavírus.

nc/ll/cc

Escrito por:

AFP