Publicado 28 de Agosto de 2020 - 12h24

Por AFP

O Produto Interno Bruto (PIB) da França registrou queda de 13,8% no segundo trimestre de 2020, confirmou nesta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatísticas (Insee).

O colapso é explicado pela "paralisação das atividades não essenciais no contexto de confinamento que aconteceu entre meados de março e início de maio" no país, para frear a epidemia de coronavírus, o que provocou a queda do consumo das famílias e das exportações, afirma o instituto em um comunicado.

O Insee já havia antecipado os números, historicamente baixos, no fim de julho, quando a instituição anunciou uma previsão de recuperação no terceiro trimestre de +19%.

É uma queda inédita desde 1949, ano em que o instituto começou a medir a atividade econômica por trimestre. Não houve um declínio semelhante nem mesmo durante a crise dos Lehman Brothers em 2008-2009.

Com a queda de 5,9% do PIB entre janeiro e março, a França entrou oficialmente em recessão no fim do primeiro semestre.

Em comparação, o PIB da Espanha caiu 18,5% e o do Reino Unido 20,4%.

evs/tq/spi/af/bl/fp/aa

Escrito por:

AFP