Publicado 27 de Agosto de 2020 - 11h03

Por AFP

O ex-presidente do Mali Ibrahim Boubacar Keita foi libertado nesta quinta-feira (27) pela junta militar que o depôs na semana passada, após sete anos no poder neste país em guerra contra os jihadistas, anunciaram os militares.

"O presidente IBK está livre de movimentos, está em sua casa", declarou à AFP o capitão Djibrila Maiga, porta-voz da junta.

O Comitê Nacional para a Salvação do Povo (CNSP), criado pelos militares para governar o país, "informa à opinião pública nacional e internacional que o ex-presidente Ibrahim Boubakar Keita foi solto e se encontra atualmente em sua residência", anunciou no Facebook.

Um membro de sua família afirmou, sob anonimato, que Keita retornou à noite para sua casa no bairro de Sebenikoro.

Keita, de 75 anos e que chegou ao poder em 2013, foi preso com outras autoridades durante o golpe de Estado no qual os militares o derrubaram em 18 de agosto, após dois meses de tensão política.

Conhecido pelos compatriotas com a sigla "IBK", Keita foi apontado por muitos como responsável pela grave crise de segurança, política e econômica que afunda seu país há anos. Ele anunciou sua renúncia na noite do golpe, afirmando que não tinha outra opção para evitar um derramamento de sangue.

bur-lal/thm/mis/mb/aa

Escrito por:

AFP