Publicado 27 de Agosto de 2020 - 8h42

Por AFP

A Turquia anunciou, nesta quinta-feira (27), que prolongará a missão de seu navio de prospecção "Oruç Reis" em uma zona de jazidas de gás no Mediterrâneo Oriental, reivindicada pela Grécia - apesar do risco de agravar as tensões atuais entre os dois países.

A Marinha turca anunciou que a missão vai-se estender até "1o de setembro". A mobilização da embarcação ao sul da ilha grega de Kastellorizo, em 10 de agosto, irritou Atenas e reavivou uma escalada das tensões bilaterais.

No início de uma reunião dos 27 países-membros da União Europeia (UE) nesta quinta, em Berlim, o ministro alemão das Relações Exteriores, Heiko Maas, disse que as manobras militares rivais no Mediterrâneo Oriental "devem cessar" para permitir o diálogo entre Grécia e Turquia.

"Precisamos de uma solução diplomática para este conflito. Ninguém quer resolvê-lo com navios de guerra no Mediterrâneo Oriental", completou o ministro.

A Alemanha está envolvida na mediação para resolver essa crise ligada à exploração de zonas marítimas ricas em hidrocarbonetos.

gkg/bg/af/bl/tt

Escrito por:

AFP