Publicado 27 de Agosto de 2020 - 6h33

Por AFP

A polícia russa anunciou nesta quinta-feira (27) que iniciou uma "análise preliminar" do caso do líder opositor Alexei Navalny, provável vítima de um envenenamento segundo os médicos que o atendem em Berlim, uma pista descarta até o momento por Moscou.

Os investigadores iniciaram "análises preliminares vinculadas à hospitalização de Alexei Navalny em 20 de agosto em Omsk", uma cidade da Sibéria, e recolheram objetos, que podem ter valor de provas, anunciou em um comunicado o departamento regional do ministério russo do Interior.

A nota afirma que "todas as circunstâncias" serão examinada para a decisão sobre a abertura ou não de um processo criminal.

tbm/alf/pz/bl/af/fp

Escrito por:

AFP