Publicado 26 de Agosto de 2020 - 17h53

Por Estadão Conteúdo

Em comunicado, a Vale informa que não foi formalmente informada sobre os pedidos para bloqueio de R$ 26,7 bilhões em suas contas para ressarcimento de danos causados pelo rompimento da Barragem I, em Brumadinho (MG). A companhia afirma que soube do pedido apresentado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) por meio da imprensa.

A Vale ressalta que o pedido não se trata de uma nova ação civil pública, mas de novos pleitos em ação que está em andamento desde janeiro de 2019.

A mineradora afirma ainda que já foram apresentados R$ 11 bilhões em garantias e depósitos judiciais.

Segundo as informações, os autores da ação pedem indenizações por danos morais e ressarcimento de perdas econômicas em Minas Gerais.

Escrito por:

Estadão Conteúdo