Publicado 26 de Agosto de 2020 - 17h42

Por AFP

O Facebook anunciou nesta quarta-feira (26) que uma atualização de um software para celulares prestes a ser lançada pela Apple reduzirá a receita dos desenvolvedores que dependem de sua rede de anúncios no aplicativo.

As mudanças que chegarão ao software iOS para iPhones e iPads incluem exigir que os aplicativos peçam permissão aos usuários para coletar e compartilhar dados de identificação do dispositivo.

"Com o iOS 14, o iPadOS 14 e o tvOS 14 será preciso obter a permissão do usuário através do framework AppTrackingTransparency para rastreá-los ou acessar os identificadores de anúncios de seus dispositivos", informou a Apple em uma publicação on-line destinada a desenvolvedores.

"O rastreamento se refere ao ato de vincular dados de usuário ou dispositivo coletados de seu aplicativo com dados de usuário e dispositivos coletados de aplicativos, sites ou propriedades offline de outras companhias com propósito de publicidade direcionada e medição de publicidade", acrescentou a empresa.

Esses dados são usados para direcionar anúncios de forma que os tornem mais relevantes e com probabilidade de gerar lucro, de acordo com o Facebook. A Apple deve lançar o novo sistema operacional móvel iOS 14 ainda este ano.

Testes descobriram que a receita da plataforma Audience Network, que permite que o sistema do Facebook funcione nos bastidores para direcionar anúncios em aplicativos, caiu em mais da metade quando a personalização foi impedida, explicou um postagem.

"Na realidade, o impacto na Audience Network no iOS 14 pode ser muito maior, então estamos trabalhando em estratégias de curto e longo prazo para apoiar os editores durante essas mudanças", disse o Facebook no post.

"No final das contas, apesar de nossos melhores esforços, as atualizações da Apple podem tornar a Audience Network tão ineficaz no iOS 14 que pode não fazer sentido oferecê-la no iOS 14".

O Facebook não coleta os dados de segmentação de anúncios em seus aplicativos adaptados para dispositivos móveis da Apple, mas não espera que sua própria receita de publicidade seja afetada, de acordo com o post.

"Entendemos que o iOS 14 prejudicará muitos de nossos desenvolvedores e editores em um momento já difícil para as empresas", disse o Facebook.

"Esta não é uma mudança que queremos fazer, mas infelizmente as atualizações da Apple para o iOS14 forçaram essa decisão."

O sistema ainda será capaz de direcionar anúncios em aplicativos feitos para smartphones ou tablets com Android, disse o Facebook.

gc/st/jc/mvv

Escrito por:

AFP