Publicado 26 de Agosto de 2020 - 6h33

Por AFP

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, declarou nesta quarta-feira que seu país considera de "uma gravidade extrema" os tiros contra seus soldados na fronteira libanesa e prometeu uma resposta "enérgica" caso os ataques voltem a acontecer.

"Vamos reagir energicamente a qualquer ataque contra nós", declarou em um comunicado. "Aconselho o Hezbollah que não teste a força de Israel e que não coloque o Líbano novamente em perigo devido a suas agressões", advertiu o chefe de Governo.

scw/bfi/feb/bl/mar/fp

Escrito por:

AFP