Publicado 25 de Agosto de 2020 - 13h52

Por Estadão Conteúdo

Na esteira das revisões estatísticas anunciadas nesta terça-feira, 25, o Banco Central informou que o déficit em conta corrente referente ao primeiro semestre de 2020 passou de US$ 9,7 bilhões para US$ 13,4 bilhões. Já o Investimento Direto no País (IDP) passou de US$ 25,3 bilhões para US$ 22,8 bilhões.

"Em 2020, o choque da covid-19 foi o principal fator para as revisões. As informações sobre lucros das empresas vieram em momentos posteriores e mostraram que as estimativas estavam acima do que efetivamente ocorreu", comentou o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, ao tratar das revisões.

Houve ainda revisões referentes ao ano de 2019. O déficit em conta corrente no ano passado passou de US$ 49,5 bilhões para US$ 50,9 bilhões. O IDP foi de US$ 78,6 bilhões para 73,5 bilhões.

O BC realizou neste mês a revisão ordinária do balanço de pagamentos e da posição de investimento internacional.

A revisão, originalmente marcada para julho, foi postergada para agosto em função da pandemia do novo coronavírus.

Os detalhes sobre as revisões estão disponíveis no seguinte endereço na internet: http://www.bcb.gov.br/estatisticas/estatisticassetorexterno

Escrito por:

Estadão Conteúdo