Publicado 20 de Junho de 2020 - 22h42

Por AFP

A América Latina e o Caribe superaram neste sábado dois milhões de casos de coronavírus, mais da metade deles registrados no Brasil, que totaliza quase 49.976 mortes por pandemia, segundo um balanço da AFP com base em dados oficiais.

A propagação do vírus está se acelerando na região, que totaliza 2.007.621 casos, com o Brasil e o México como os países mais afetados, embora o Peru e o Chile também registrem um grande número de casos.

Neste sábado, o Brasil acumulou 1.067.579 casos confirmados e 1.022 novos falecidos por COVID-19, e continua sendo o segundo país mais punido no mundo pela pandemia, atrás apenas dos Estados Unidos.

O México tem um total de mais de 170.000 casos e é o segundo mais afetado na região, com 20.349 falecimentos.

Com a disseminação dos contágios, as autoridades da Cidade do México - onde os mercados, restaurantes e outras empresas estavam programadas para reabrir na segunda-feira - mantiveram seu fechamento por mais uma semana.

Enquanto isso, o Chile informou no sábado que a COVID-19 matou 7.144 pessoas no país, 75% a mais do que as registradas até agora, depois de adicionar cerca de 3.000 mortes prováveis pelo coronavírus. O governo chileno também adiciona 236.748 casos confirmados.

E o Peru ultrapassou 250.000 casos de coronavírus no dia, com 7.861 mortes. O país registrou 201 vítimas fatais nas últimas 24 horas, o segundo maior número de mortos por dia desde que a emergência de saúde foi declarada em março.

lda/gma/lca

Escrito por:

AFP