Publicado 20 de Junho de 2020 - 22h22

Por AFP

O ataque à faca na tarde deste sábado em um parque em Reading, oeste de Londres, deixou três mortos e três feridos graves, segundo a polícia, que não considerou o incidente de natureza terrorista.

"Os eventos não são considerados terroristas por natureza" e a investigação que foi aberta foi por assassinato, segundo um comunicado do comissário-chefe Ian Hunter, embora tenha dito que os investigadores estão trabalhando em colaboração com a polícia antiterrorista.

Policiais e os serviços de resgate foram ao local depois de serem chamados no final da tarde por um incidente em que várias pessoas foram esfaqueadas em Forbury Gardens por volta das 19H00 locais (15H00 de Brasília), de acordo com fontes oficiais.

Segundo os agentes de segurança, os feridos foram levados para um hospital da região.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, publicou no Twitter que estava pensando "em todos os afetados pelos terríveis eventos em Reading".

A ministra do Interior, Priti Patel, usou a mesma rede social para anunciar que estava "profundamente preocupada".

Segundo testemunhas citadas pela agência da AP, um homem atacou vários grupos reunidos no parque à tarde.

A polícia pediu aos internautas que não compartilhassem as imagens da cena nas redes sociais e as enviassem aos investigadores.

O ataque ocorreu perto do local onde uma manifestação do movimento "Black Lives Matter" havia sido realizada anteriormente, mas os organizadores descartaram qualquer relação.

"Isso não tem nada a ver com a manifestação", disse o organizador Nieema Hassan em um vídeo postado nas mídias sociais, acrescentando que os participantes da passeata já haviam deixado o local quando o incidente ocorreu.

zak/kaf/jvb/lca

Escrito por:

AFP