Publicado 18 de Junho de 2020 - 22h23

Por Estadão Conteúdo

Protestos contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foram registrados em vários bairros do Rio de Janeiro na noite desta quinta-feira, 18, enquanto o Jornal Nacional veiculava reportagens sobre a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor parlamentar do então deputado estadual e atual senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente.

Os panelaços, com gritaria e uso de buzinas, foram ouvidos pelo menos nos bairros de Copacabana, Leme, Botafogo, Flamengo, Catete e Laranjeiras, todos na zona sul, e Barra da Tijuca (zona oeste). A maioria dos gritos ouvidos pela reportagem chamava Bolsonaro de "miliciano" e "assassino".

Escrito por:

Estadão Conteúdo