Publicado 18 de Junho de 2020 - 11h33

Por Estadão Conteúdo

Algumas horas após a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), o ministro da Justiça, André Mendonça, foi chamado ao Palácio do Planalto para uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro na manhã desta quinta-feira, dia 18. Mendonça cancelou compromissos que estavam em sua agenda.

Escrito por:

Estadão Conteúdo