Publicado 17 de Junho de 2020 - 22h25

Por AFP

O Departamento de Justiça apresentou nesta quarta-feira (17) uma ordem de emergência para bloquear a publicação das memórias do ex-assessor de segurança nacional dos Estados Unidos John Bolton, na segunda tentativa em dois dias do governo de Donald Trump para barrar a obra.

O governo alega que Bolton seguiu adiante com a publicação do livro antes de ter sido feita uma revisão do texto relacionado com a segurança nacional e garante que o livro "planeja difundir informação sensível à sua conveniência para obter lucro".

mlm/st/mls/gma/mvv

Escrito por:

AFP