Publicado 17 de Junho de 2020 - 11h07

Por AFP

Talibãs insurgentes mataram pelo menos 18 membros das forças de segurança afegãs nesta quarta-feira (17) em dois ataques contra postos de controle no norte, anunciaram as autoridades.

Em um dos ataques realizados ao amanhecer, os insurgentes mataram 12 agentes de segurança no posto de controle da província de Jawezjan, informou o porta-voz do governador Maroof Azar à AFP.

Azar afirmou que quatro soldados foram capturados pelos insurgentes e cinco talibãs morreram no tiroteio.

O ministério da Defesa confirmou o ataque, assim como a morte de seis soldados. O porta-voz dos insurgentes, Zabihullah Mujahid, afirmou que o balanço de vítimas foi maior.

Os insurgentes talibãs também são acusados de outro ataque contra um posto de controle do exército em Kunduz.

Seis soldados morreram no tiroteio que durou cerca de cinco horas, disse Aminullah Iddin, membro do conselho provincial.

O porta-voz do exército Hadi Jamal confirmou o ataque e afirmou que quatro talibãs morreram no tiroteio.

Estes últimos combates ocorreram nas vésperas do esperado início de negociações de paz entre o governo e os insurgentes, que atualmente estão no processo de troca de prisioneiros, após um breve cessar-fogo no mês passado.

As autoridades afirmam que os talibãs aumentaram os ataques nos últimos dias, apesar de uma redução da violência desde o fim do cessar-fogo temporário decretado unilateralmente em maio pelos insurgentes devido ao fim do Ramadã, o mês de jejum muçulmano.

strs-us-emh-jds/ecl/fox/af/mb/aa

Escrito por:

AFP