Publicado 20 de Abril de 2020 - 19h05

Desde o anúncio de 14.002 casos de dengue na cidade — a maior epidemia da história de Campinas —, o secretário municipal de Saúde, Carmino de Souza, tem concedido poucas entrevistas e evita aparecer na mídia. Na quinta-feira, a responsável por anunciar a maior epidemia neste ano foi a diretora de Vigilância em Saúde, Brigina Kemp. Uma semana atrás, Carmino tinha dito que o número de casos em 2014 não iria superar o total de 2007 (11 mil), até então o maior da história.