Publicado 20 de Abril de 2020 - 5h30

Duña, o veneradíssimo ser, honorável guardião da sapiência cósmica, toma a palavra e disserta vagamente sobre a Páscoa e seus cacaus, em depoimento exclusivo a Neca Versante.