Publicado 18 de Abril de 2020 - 5h30

A Polícia Civil de Campinas desmantelou na manhã de ontem uma quadrilha de estelionatários que comercializava lotes em áreas de preservação ambiental em Campinas. Monte Mor e Hortolândia. Três pessoas, dentre elas uma missionária de 47 anos, foram presas em flagrante. Um quarto suspeito, identificado como dr. Anderson, trocou tiros com os agentes e fugiu. O grupo foi descoberto por policiais civis do 11 Distrito (DP), no Jardim Ipaussurama, após ao menos três vítimas procurarem a delegacia na tarde desta quinta-feira. Elas já haviam pago R$ 15 mil de entrada nos lotes clandestinos.

De acordo com o delegado Sandro Jonasson, os golpes começaram a ser aplicados há um mês em uma área de 30 mil metros quadrados no Residencial Sirius, localizado no distrito do Campo Grande. Os lotes eram comercializados por R$ 35 mil. O falso loteamento em uma área pública tinha 120 lotes. (AR/AAN)