Publicado 21 de Abril de 2020 - 8h22

Por Henrique Hein

A Emdec possui cerca de 900 funcionários e, no momento, não prevê abertura de concurso para repor vagas

Wagner Souza/AAN

A Emdec possui cerca de 900 funcionários e, no momento, não prevê abertura de concurso para repor vagas

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) informou ontem que lançou, na última sexta-feira, um Programa de Demissão Voluntária (PDV) para assegurar a manutenção da saúde de seus empregados, tendo em vista a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Poderão se cadastrar no programa os funcionários com idade igual ou superior a 60 anos — já aposentados — e que tenham, pelo menos, cinco anos de experiência na casa.

O período para adesão ocorre até o dia 30 de abril, sendo que o desligamento daqueles que se manifestarem favoráveis será avaliado a partir da primeira semana de maio. Ao todo, poderão se beneficiar da iniciativa cerca de 70 profissionais. A Emdec conta hoje com aproximadamente 900 trabalhadores registrados.

Entre as vantagens propostas pela companhia para aderir ao PDV estão o pagamento das verbas rescisórias, recebimento de 40% do saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), pagamento de um salário nominal a cada cinco de dedicação à empresa, e remuneração dos dias trabalhados e férias proporcionais e vencidas (se houver). Quem optar por se desligar, também terá direito ao plano de saúde por um período de 24 meses, a contar pela data de desligamento da empresa, sem custo para o empregado. A Emdec não confirmou se haverá uma eventual reposição de funcionários por meio de concurso público quando a pandemia terminar.

Questionado, o secretario de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro, negou que a necessidade dos cortes de funcionários esteja acontecendo por causa de uma possível crise financeira provocada pela Covid-19. Segundo ele, o atual PDV foi instituído para ajudar no combate à pandemia da doença.

“Este programa objetiva alcançar os empregados que estão dentro da faixa de risco, por apresentarem idade igual ou acima de 60 anos. Outra condição é já estarem aposentados pelo INSS”, destaca Barreiro. “O nosso objetivo, nessa fase de enfrentamento da pandemia, é a preservação das vidas e dos empregos. Essa é a ação gerencial da Emdec neste momento, e até então, não prevemos a reposição desses empregados”, ressaltou o secretário.

Escrito por:

Henrique Hein