Publicado 20 de Abril de 2020 - 11h58

Por Maria Teresa Costa

Hospital que está sendo montado na sede dos Patrulheiros, no Parque Itália, em Campinas

Divulgação

Hospital que está sendo montado na sede dos Patrulheiros, no Parque Itália, em Campinas

O hospital de campanha cedido pela ONG Expedicionários da Saúde começou a ser montado hoje na sede dos Patrulheiros, no Parque Itália, em Campinas, para atender pacientes com suspeita de infecção pelo novo coronavírus. A estrutura, que inicialmente teria 108 leitos, será ampliada para 114. Os leitos serão utilizados como retaguarda hospital, para atender pacientes com complexidade intermediária e a previsão é que comece o atendimento na primeira quinzena de maio.

Inicialmente o hospital começa a funcionar com 36 leitos, e será ampliado na sequência com 18, depois 30 e mais 30. Localizado próximo ao Hospital Municipal Mário Gatti, em uma área estratégica onde também está o Ambulatório Médico Especializado (AME), construído pelo governo do Estado e que começou a funciona na semana passada para reforçar a rede de assistência aos casos do novo coronavírus na região. Este é o primeiro AME do Estado a ter seu perfil reprogramado para focar no atendimento com caráter hospitalar. O funcionamento estava previsto para o final de abril, mas foi antecipado para a segunda-feira passada.

Escrito por:

Maria Teresa Costa