Publicado 18 de Abril de 2020 - 15h30

Por Da Agência Anhanguera

Campinas vai ampliar testes em assintomáticos

Divulgação/Josué Damacena (IOC/Fiocruz)

Campinas vai ampliar testes em assintomáticos

A prefeitura de Indaiatuba informou que registrou, neste sábado (18), a segunda morte pelo novo coronavírus (Covid-19) na cidade em uma mulher de 52 anos, que não tinha histórico de doenças crônicas e registro de viagens. De acordo com o município, a paciente estava internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc) desde o dia 29 de março.

Ela morreu na manhã deste sábado e a confirmação da causa do óbito ocorreu por meio da realização de um teste rápido. A cidade, que nesta semana anunciou medidas para flexibilizar o funcionamento do comércio, registra agora 30 casos positivados da enfermidade e duas mortes confirmadas.

A primeira vítima fatal por Covid-19 em Indaiatuba foi uma mulher, de 50 anos, que veio a óbito na última segunda-feira (13) e teve o resultado confirmado dois dias depois. A paciente tinha problemas respiratórios e obesidade. Ela havia viajado em um cruzeiro entre os dias 15 e 18 de março, apresentando os sintomas da doença no dia 23 e foi internada no dia 27 de março.

"A administração lamenta por mais um óbito e presta condolências aos familiares e amigos, destacando a importância das medidas de prevenção como o distanciamento social, a higienização constante das mães e ambientes e o uso de máscaras caseiras ao sair para atividades essenciais, visando à diminuição da transmissão da Covid-19", destacou a nota da Prefeitura.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera