Publicado 20 de Abril de 2020 - 21h57

Por AFP

Os 193 membros da Assembleia Geral da ONU adotaram nesta segunda-feira, por consenso, uma resolução que pede o "acesso equitativo" às "futuras vacinas" contra a covid-19, e destaca o "crucial papel dirigente" da Organização Mundial de Saúde, alvo de críticas dos Estados Unidos.

O texto, centrado na resposta sanitária, foi proposto pelo México, com o aval de Washington, e defende um "reforço da cooperação científica internacional para combater a covid-19 e intensificar a coordenação", incluindo o setor privado.

prh/dax/lr

Escrito por:

AFP