Publicado 20 de Abril de 2020 - 20h37

Por AFP

O presidente americano, Donald Trump, anunciou nesta segunda-feira que receberá na terça o governador democrata de Nova York, Andrew Cuomo, que se tornou uma das principais figuras na luta contra o coronavírus nos Estados Unidos.

"Será no Salão Oval amanhã (terça-feira)", disse Trump, que fala há dias sobre sua boa sintonia com Cuomo depois de criticá-lo duramente no início da epidemia, acusando-o de falar demais e não agir o suficiente.

"Muitas coisas boas estão acontecendo em Nova York", declarou o presidente.

O estado de Nova York é o epicentro da epidemia de COVID-19 nos Estados Unidos, com quase um terço dos casos no país, mas parece ter superado o pior.

Natural de Nova York, como Donald Trump, o governador Cuomo, 62 anos, viu sua popularidade crescer graças a gestão tranquila e determinada diante da epidemia.

Ao que parece, os dois líderes têm evitado o confronto nas últimas semanas, apesar de seu histórico de troca de farpas.

Na sexta-feira, Cuomo declarou que Trump não estava fazendo "nada" para acompanhar a suspensão gradual das medidas de isolamento.

Donald Trump já havia aconselhado Cuomo a "passar mais tempo agindo e menos tempo se queixando".

Os Estados Unidos já tem 750 mil casos do novo coronavírus e mais de 40 mil óbitos, segundo levantamento na AFP baseado em fontes oficiais.

jca/dax/cc

Escrito por:

AFP