Publicado 20 de Abril de 2020 - 19h17

Por AFP

A tropa de choque da polícia grega teve que usar gás lacrimogêneo para dispersar os torcedores do PAOK de Salônica, que se encontraram nesta segunda-feira, descumprindo o confinamento decretado na luta contra o coronavírus, para comemorar o 94º aniversário do clube.

Mais de 200 torcedores do PAOK se reuniram fora do Estádio Toumba, apesar do confinamento decretado pelo governo grego como medida preventiva contra a pandemia da COVID-19, que afetou 2.245 pessoas no país, com 116 mortes de acordo com o último saldo oficial e que paralisou todas as atividades esportivas até pelo menos o dia 27 de abril.

A imprensa local informou que pelo menos um torcedor foi detido pela polícia e vários outros foram punidos após os incidentes com as forças policiais.

Também nesta segunda, o vice-ministro de Esportes, Lefteris Avgenakis, considerou que os clubes profissionais de futebol poderiam retornar aos treinos a partir do início de maio.

"Aguardamos o conselho dos especialistas e, com base em suas instruções, começaremos gradualmente a abrir as instalações esportivas", disse Avgenakis ao canal Mega Television.

le/td/mcd/aam

Escrito por:

AFP