Publicado 20 de Abril de 2020 - 13h50

Por AFP

O tenista chileno Nicolás Jarry foi suspenso por 11 meses por doping, após dar positivo em um controle realizado durante a disputa da Copa Davis, em novembro do ano passado em Paris, informou nesta segunda-feira (20) a Federação Internacional de Tênis (ITF).

O período da suspensão começou a contar a partir de 16 de dezembro do ano passado, o que significa que o tenista de 24 anos, atual número 89 do mundo, não poderá voltar às quadras até 16 de novembro de 2020.

A amostra de urina de Jarry retirada durante a Copa Davis continha traços de ligandrol e estanozolol, dois anabolizantes, explicou a ITF.

ig/mcd/pm/am

Escrito por:

AFP