Publicado 20 de Abril de 2020 - 6h17

Por AFP

As escolas do ensino médio da província chinesa de Hubei (centro), origem da pandemia de COVID-19, devem reabrir as portas em 6 de maio para os alunos que estão no ano de formatura, anunciaram as autoridades locais.

As escolas e universidades do país fecharam em janeiro para tentar controlar a propagação do novo coronavírus.

Como no restante do país, as provas de ingresso para a universidade (conhecidas como "gaokao") começarão em 7 de julho, ou seja, um mês depois do habitual, anunciaram as autoridades de Hubei, cuja capital Wuhan foi o primeiro foco da COVID-19.

Com 59 milhões de habitantes - o equivalente à população da Itália -, esta província é de longe a mais afetada pela pandemia na China e concentra 97% dos 4.632 mortos e 82% das 82.747 pessoas oficialmente infectadas no país.

Quase toda a província de Hubei foi isolada no fim de janeiro por um cordão sanitário para impedir a propagação do novo coronavírus. Em Wuhan, o confinamento terminou em 8 de abril.

Muitas províncias da China já reabriram parcialmente os centros de ensino, em particular para os alunos que estão no último ano de estudos, com a notável exceção da capital Pequim.

ehl/bar/jhd/mar/fp

Escrito por:

AFP