Publicado 19 de Abril de 2020 - 22h17

Por AFP

Pelo menos 47 pessoas morreram em ataques de bandidos em várias aldeias no norte da Nigéria, anunciaram a presidência e a polícia local na noite deste domingo.

Vários homens em motocicletas realizaram "ataques organizados e simultâneos" a três comunidades no estado de Katsina na manhã de sábado, matando 47 moradores, disse o porta-voz da polícia Gambo Isah.

Segundo a polícia, essas quadrilhas criminosas, especializadas em roubo de gado e sequestro, invadiram a área na sexta-feira, mas enfrentaram forte resistência por parte dos habitantes, que conseguiram expulsá-los.

Eles voltaram na madrugada de domigo por volta das 02H30 GMT (23h30 de sábado pelo horario de Brasília) com cerca de 150 motocicletas, enquanto todos dormiam, atearam fogo nas casas e dispararam contra os habitantes, segundo depoimentos obtidos pela AFP.

Em comunicado, o presidente nigeriano Muhammadu Buhari condenou neste domingo um "novo ataque de bandidos" em sua região natal de Katsina, "causando 47 mortes".

Buhari prometeu reagir "decisivamente" e advertiu que não tolerará "assassinatos de tal magnitude por bandidos contra pessoas inocentes".

Nos últimos anos, esta região do norte da Nigéria tem sido alvo de gangues armadas.

abu-cl/bfi/erl/lca

Escrito por:

AFP