Publicado 19 de Abril de 2020 - 18h37

Por Estadão Conteúdo

Presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR) seguiu outras lideranças políticas do País e também comentou a participação do presidente Jair Bolsonaro, na tarde deste domingo, 19, em manifestações em defesa do fechamento do Congresso Nacional. Em transmissão ao vivo no Instagram com o deputado federal Zeca Dirceu (PR-PR), Gleisi disse esperar que o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF) tomem uma posição "firme" sobre o episódio deste domingo ainda nesta semana.

Ao criticar o presidente, Gleisi Hoffmann afirmou que Bolsonaro aposta no caos para justificar uma intervenção militar no País. "Fiquei estarrecida. Ele quer uma ditadura no Brasil. É de uma irresponsabilidade ilimitada", declarou a presidente do PT.

Gleisi, que foi ministra-chefe da Casa Civil na gestão Dilma Rousseff, ainda criticou a condução do Executivo no combate aos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus. Para ela, o governo precisa estudar punição aos bancos, que estariam "empoçando o crédito" e impedindo que os estímulos cheguem a empresas e cidadãos.

Escrito por:

Estadão Conteúdo