Publicado 18 de Abril de 2020 - 19h38

Por Estadão Conteúdo

A deputada professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), relatora do fundo especial para educação básica (Fundeb), disse ao Broadcast Político que o comentário do ministro da Educação, Abraham Weintraub, sobre universidades que seguem com aulas serem premiadas, é incompreensível. "Não consigo entender uma posição dessa do ministro", disse Seabra.

"Obviamente muitas universidades têm organizado seus desenhos próprios, assim como as escolas de ensino fundamental, municipais, estaduais também estão. Eu só penso que não é papel do ministro fazer isso no Twitter. Seria interessante que ele falasse o que ele, como ministro, tem feito nesse contexto todo", disse.

Mesmo com a recomendação de autoridades sanitárias para que o isolamento social seja mantido, com o objetivo de combater o avanço da covid-19, Weintraub se posicionou neste sábado a favor da volta às aulas e afirmou que as universidades que estão mantendo as aulas serão premiadas.

Em uma postagem no Twitter na qual o ministro garante que haverá Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), um internauta questionou sobre as universidades que estão paradas. "Autonomia universitária... Porém, as que estão dando aulas receberão mais recursos e serão premiadas. Há joio e há trigo...", respondeu Weintraub.

Escrito por:

Estadão Conteúdo