Publicado 18 de Abril de 2020 - 10h48

Por AFP

Dezenas de milhares de pessoas desafiaram neste sábado o confinamento em Bangladesh para acompanhar o funeral de um famoso pregador islâmico.

A polícia estabeleceu um acordo com a família do falecido, Jubayer Ahmad Ansari, para a presença de apenas 50 pessoas no funeral, mas não conseguiu conter a multidão de quase 100.000 moradores na cidade de Sarail (leste).

O pregador, de 55 anos, muito conhecido e diretor de um seminário, faleceu na sexta-feira.

Bangladesh, país de 168 milhões de pessoas, decretou o confinamento em 26 de março. Oficialmente registra 2.200 casos de coronavírus e 84 mortes.

sa/tw/tom/pc/bl/fp

Escrito por:

AFP