Publicado 18 de Abril de 2020 - 9h17

Por AFP

O Irã anunciou neste sábado 73 mortes provocadas pelo novo coronavírus, o que elevou o total a 5.031, ao mesmo tempo que o governo autorizou a abertura de pequenos negócios em Teerã, como já havia feito fora da capital.

Este é o sétimo dia consecutivo de queda no número de mortes e o quinto com menos de 100 óbitos em 24 horas, anunciou o porta-voz do ministério da Saúde, Kianoush Jahanpour.

Jahanpour destacou uma "pequena vitória" na batalha contra o coronavírus, apesar das dificuldades, em uma clara referência aos Estados Unidos, cujas sanções impediram, de acordo com o porta-voz, que o Irã compre testes de diagnóstico da Coreia do Sul.

O ministério também anunciou que nas últimas 24 horas foram registrados 1.374 novos casos, o que eleva o total de infectados a 80.860.

Das pessoas hospitalizadas, 55.987 receberam alta, enquanto 3.513 estão em condição crítica.

De acordo com um relatório do Parlamento, os números divulgados correspondem apenas às pessoas hospitalizadas com "sintomas graves", o que significa que o número real de mortes pode ser até 80% superior e o de infectados entre "oito e 10 vezes mais".

O ministério da Saúde admitiu que os números podem ser muito superiores devido à limitação dos exames de diagnóstico.

amh/kir/af/bl/fp

Escrito por:

AFP