Publicado 17 de Abril de 2020 - 18h07

Por Estadão Conteúdo

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, disse nesta sexta-feira, 17, que há normalidade nas condições de financiamento da dívida pública brasileira. Nesta semana, o Tesouro Nacional publicou nota técnica alertando possíveis dificuldades para a emissão de títulos necessários para cobrirem o rombo fiscal decorrente das medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

"Vemos no momento uma situação de normalidade no financiamento da dívida pública. Os movimentos de mercado não têm sido bruscos e estão dentro do esperado", respondeu o secretário.

Ele lembrou que a dívida bruta deve crescer 10 pontos porcentuais do PIB em 2020 se a economia tiver zero crescimento. Em um cenário de provável recessão, o aumento da dívida será ainda maior.

"Essa é uma questão conjuntural. Tão logo passe a crise retornaremos à trajetória de melhora dos resultados fiscais e de redução do endividamento", completou Waldery Rodrigues.

Escrito por:

Estadão Conteúdo