Publicado 17 de Abril de 2020 - 14h57

Por AFP

O presidente americano, Donald Trump, disse nesta sexta-feira (17) que o número real de casos de coronavírus na China é "muito maior", mesmo depois da recontagem de óbitos em Wuhan, origem da pandemia.

"A China acaba de anunciar uma duplicação no número de mortes pelo "Inimigo Invisível". É muito maior que isso e muito mais alto que nos EUA, não chega nem mesmo perto!", tuitou Trump.

Wuhan admitiu falhas na contagem original e embora não tenha duplicado como disse Trump, aumentou seu número de mortes em 50%, em meio à crescente pressão internacional por transparência em relação ao vírus.

Autoridades acrescentaram 1.290 mortes ao balanço da cidade, que registrou a maioria dos óbitos por COVID-19 no país.

A recontagem elevou a 4.632 as vítimas fatais confirmadas na China. Nos Estados Unidos, mais de 33.000 pessoas perderam a vida devido à doença.

sms/ec/lda/yow/jc

Escrito por:

AFP