Publicado 17 de Abril de 2020 - 6h17

Por AFP

A Noruega, um dos primeiros países da Europa a flexibilizar as medidas de confinamento, lançou um novo aplicativo de rastreamento em smartphones para evitar a propagação da pandemia do novo coronavírus.

Desenvolvido de maneira local, o aplicativo Smittestopp ("Pare a infecção") pretende dar às autoridades de saúde um melhor conhecimento da epidemia e informar a cada usuário se esteve em contato com uma pessoa infectada.

"Para conseguir retornar a uma vida mais normal, com a infecção sob controle, todos devemos fazer nossa parte, por exemplo utilizando este aplicativo", afirmou a primeira-ministra Erna Solberg.

"Se fracassarmos em manter o controle (da epidemia), teremos que endurecer as medidas", completou.

O aplicativo pode ser baixado de maneira voluntária.

Enviará aos usuários uma mensagem para informar se estão por mais de 15 minutos a menos de dois metros de uma pessoa infectada, sem revelar sua identidade.

A Noruega registrava até quinta-feira 6.566 casos de COVID-19 e 130 mortes.

phy/hdy/thm/mar/fp

Escrito por:

AFP