Publicado 17 de Abril de 2020 - 0h57

Por AFP

Os Estados Unidos ultrapassaram nesta quinta-feira a marca de 33.000 mortes por coronavírus, segundo a contagem em tempo real da Universidade Johns Hopkins.

De acordo com esta fonte, os EUA registraram nas últimas 24 horas 4.491 óbitos por COVID-19, um recorde, mas tudo indica que há mortes "provavelmente vinculadas" à epidemia que apenas agora entraram na contagem.

Os Estados Unidos são o país com mais mortes pela pandemia, à frente da Itália (22.170 óbitos), Espanha (19.315) e França (17.941).

Até o momento, foram notificados 667.800 casos de COVID-19 nos EUA.

Com mais de 14.000 mortes apenas no estado de Nova York, a cidade homônima é o epicentro da pandemia no país.

Apesar desse contexto, o presidente Donald Trump prometeu divulgar esta tarde seu plano para começar a reabrir a economia, assegurando que "já passou" o pico da pandemia.

Trump sugeriu que os estados menos afetados poderão suavizar suas restrições antes de 1o de maio.

sst/dga/mr/tt

Escrito por:

AFP