Publicado 16 de Abril de 2020 - 23h47

Por AFP

A economia chinesa sofreu retração interanual de 6,8% no primeiro trimestre de 2020, algo inédito em sua história, devido à epidemia de COVID-19, que praticamente deteve a atividade no país, segundo estatísticas oficiais publicadas nesta sexta-feira.

Em plena propagação mundial do vírus, a China "enfrenta novas dificuldades e desafios para reiniciar a atividade e a produção", disse em entrevista coletiva o porta-voz do Bureau Nacional de Estatísticas Mao Shengyong.

lld-sbr/bar/lr

Escrito por:

AFP