Publicado 16 de Abril de 2020 - 21h07

Por Estadão Conteúdo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apresentou nesta quinta-feira, 16, as diretrizes para a reabertura da economia do país, após semanas de quarentena para conter o avanço do coronavírus. Segundo o republicano, o processo terá três fases, como revelou o jornal Washington Post na terça-feira, 14. "Não vamos abrir tudo de uma vez", declarou, sem especificar datas ou prazos.

Em coletiva de imprensa na Casa Branca, Trump disse que conversou com os governadores do país e que a decisão de reabrir os estados será deles. "Meu governo está emitindo novas diretrizes federais que permitirão que os governantes adotem uma abordagem deliberada e em fases para reabrir seus estados", afirmou o presidente. "Se estados precisarem permanecer fechados, permitiremos que façam isso", acrescentou.

"Estamos abrindo os EUA", declarou Trump. Para o presidente, é importante "preservar a saúde da população e o funcionamento da economia". Segundo o republicano, a estratégia de saída da quarentena será baseada em "dados verificáveis" e as restrições deverão ser retiradas à medida que os casos de coronavírus diminuírem, região por região.

Trump voltou a dizer que a curva do coronavírus nos EUA "achatou" e que o país já passou do pico da pandemia. "Esperamos menos mortes do que, até mesmo, as projeções mais otimistas", afirmou. O presidente também se mostrou confiante sobre uma retomada econômica "rápida".

Escrito por:

Estadão Conteúdo