Publicado 16 de Abril de 2020 - 18h27

Por AFP

As autoridades públicas colombianas terão que pagar um imposto mensal para cobrir os gastos com a pandemia do novo coronavírus, informou o Ministério da Fazenda nesta quinta-feira.

Trabalhadores e contratados do Estado que ganham entre 10 e 20 milhões de pesos (equivalente 12.500 e 25.000 reais) por mês terão que pagar impostos brutos que variam entre 15 e 20% de seu salário, informou o ministério em comunicado.

"Este imposto entrará em vigor de 1º de maio a 31 de julho deste ano. O imposto não será aplicado aos funcionários de saúde e de segurança pública", afirma o texto.

Quem ganha menos de 10 milhões de pesos poderá fazer contribuições voluntárias.

A medida faz parte de uma nova bateria econômica para fornecer mais recursos ao Estado para combater a pandemia, que na Colômbia deixa mais de 130 mortos e 3.000 infectados desde 6 de março.

Iniciativas recentes incluem a abertura de três linhas de crédito, no valor de US$ 4 bilhões, para pagamento de folhas de pagamento para trabalhadores autônomos e pequenas e médias empresas, adiamento do calendário tributário, reestruturação de crédito e suspensão temporária de pagamentos de pensões por funcionários e empresas, entre outras.

raa/vel/llu/cc

Escrito por:

AFP