Publicado 06 de Março de 2020 - 16h09

Por Adagoberto F. Baptista

Ivan é convocado pela 2 vez à seleção principal

Gustavo Magnusson

Da Agência Anhanguera

[email protected]

O goleiro Ivan, da Ponte Preta, chegou ontem à sua segunda convocação para a Seleção Brasileira em sua carreira. Beneficiado pela lesão no quadril de Alisson (Liverpool), Ivan foi chamado por Tite como terceiro goleiro, atrás de Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras).

O arqueiro já havia sido chamado para a equipe principal em setembro do ano passado. Na ocasião, Ivan ficou no banco de reservas na derrota por 1 a 0 para o Peru e no empate por 2 a 2 com a Colômbia, ambos jogos amistosos. Todas as outras convocações haviam sido para a seleção olímpica. Torneio de Toulon

“Por mais que eu já tenha sido convocado antes, é uma sensação única, estou muito feliz com mais esse reconhecimento. Isso é fruto de muito trabalho na Ponte Preta. Quero agradecer meus companheiros, o Betão (treinador de goleiros) e todos aqueles que acreditam em mim. É muita honra estar entre os nomes que disputarão partidas tão importantes como as eliminatórias. Espero corresponder novamente nos treinamentos e será muito bom estar ao lado dos melhores jogadores brasileiros”, diz o camisa 1.

Com a convocação, Ivan deve perder a partida da última rodada do Campeonato Paulista contra o Mirassol A presença do goleiro na penúltima rodada é dúvida, já que os convocados devem se apresentar entre os dias 22 e 23 de março.

“Temos goleiros extraordinários e na escolha dos três procuramos fortalecer também esses jogadores mais jovens como o Ivan, até para que ganhem maturidade para a evolução deles”, explicou Tite.

Alvo de muitas sondagens, Ivan garante estar focado somente na Ponte Preta e na Seleção Brasileira, mas não esconde o desejo de seguir carreira no futebol europeu. "Assim como todo jogador, penso grande e quero jogar na Europa, onde estão os melhores atletas, mas estou feliz na Ponte. O meu foco sempre foi estar fazendo bons jogos e bom trabalho para ajudar a minha equipe. O meu foco é Seleção. É claro que, para mim, é indiferente escolher algum time. Eu sei que só vou conseguir chegar lá se fizer um bom trabalho e ajudar a minha equipe. Como disse, o meu foco é a Seleção. Vou trabalhar para isso. Se Deus quiser, um dia vou chegar nesses altos clubes. Falando de Barcelona e de Milan, por ter goleiros brasileiros também, o Milan teve o Dida. Querendo ou não, isso abre portas para nós. Hoje o Barcelona tem o Neto. Então são grandes goleiros brasileiros e com grande história. Se Deus quiser, vou chegar no nível deles também um dia.

Copa do Brasil

A CBF confirmou as datas do primeiro jogo entre Ponte Preta e Afogados da Ingazeira-PE, pela terceira fase da Copa do Brasil. O jogo de ida, que será disputado no Moisés Lucarelli, realmente vai acontecer na próximas quinta-feira. A partida de volta, no estádio, deve ser confirmado nos próximos dias

Escrito por:

Adagoberto F. Baptista