Publicado 08 de Março de 2020 - 5h30

O presidente Jair Bolsonaro convocou ontem a população a participar dos protestos marcados para o próximo dia 15, apesar da crise gerada entre Legislativo e Executivo durante esta semana devido a esse mesmo assunto. Em vídeo publicado pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) no Twitter, o presidente disse que a manifestação é "espontânea" e "pró-Brasil", e não contra o Congresso ou o Judiciário. "Participem e cobrem de todos nós o melhor para todo o Brasil", declarou em evento em Boa Vista, Roraima, antes de viajar para Miami, nos Estados Unidos.  Bolsonaro ainda disse que quem diz que os protestos do dia 15 são contra a democracia está mentindo. "É um movimento que quer mostrar para todos nós que quem dá norte para o Brasil é a população". 

Indignação

A declaração de Bolsonaro gerou indignação no Legislativo e Judiciário. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, cosiderou a “stuação grave”. Ele e o presidente do STF, Dias Toffoli, cogitam fazer uma manifestação conjunta dura sobre o assunto. (EC)