Publicado 06 de Março de 2020 - 5h30

Um túnel clandestino em obras foi descoberto ao acaso, anteontem à tarde, no Jardim São José, em Campinas. Com cerca de 10 metros de extensão, cerca de 1 metro e 20 de altura e 60 centímetros de largura, a obra era destinada ao furto de combustível do duto da Petrobras. O projeto criminoso foi descoberto após uma mulher ter uma roda do seu carro “engolida” pelo asfalto no dia anterior. Acreditando ser um problema na tubulação de água ou do esgoto, ela chamou a Prefeitura, que constatou, junto com a Sanasa, o túnel. O caso será investigado pelo 2 Distrito Policial (DP). Esse é o quinto caso de tentativa de furto de combustíveis em apenas dois anos.

A obra teve início em um terreno baldio da Rua Daltair Paulino. O terreno foi alugado há cerca de dois meses com a finalidade de ser usado para um estacionamento de carros e caminhões, no entanto, o espaço foi usado para mascarar a ação dos bandidos.

A escavação começou em um pequeno barracão de madeira, construído rente ao lado do muro que fica de frente para a rua. A terra era depositada no próprio terreno, fechado por um portão de folha de aço.

Próximo ao local passam dois terminais de dutos da Petrobras. Um a cerca de 30 metros do terreno e o outro a 80 metros. Relatos de moradores dão conta de que havia muita movimentação de homens no local, com entrada e saída, mas nunca foi percebido algo suspeito.

Na última terça-feira, uma mulher foi visitar uma amiga, moradora no bairro e parou com o veículo na rua, de frente para um terreno baldio. No entanto, uma das rodas dianteiras do veículo foi “engolida” pelo asfalto que se cedeu.

A Prefeitura foi acionada e enviou trabalhadores da Secretaria de Obras para verificar a pavimentação asfáltica e a Sanasa para ver possível vazamento de água ou esgoto nas redes, mas ao retirarem o asfalto danificado foi encontrado placas de tábuas e o túnel.

Representantes da Petrobras foram chamados e identificaram que o túnel estava a poucos metros da tubulação da multinacional. A escavação era escorada por pontaletes de eucalipto com tábuas de madeira. Para circular pelo espaço é necessário rastejar.

No pequeno barracão foram encontrados ferramentas, tintas e outros objetos, além do poço de cerca de 1,8 metro de profundidade que dava acesso ao túnel. Ninguém estava no local.

No ano passado, policiais civis do 11 DP, localizaram um túnel que foi construído a partir de uma casa, no Jardim Londres, outro no Jardim Nossa Senhora de Lourdes e um no Parque Tropical. Neste último, a polícia apreendeu ao menos três mil litros de etanol na casa. O combustível era retirado direto de um duto da Petrobras, que ficava em um terreno vizinho da casa.

A confirmação do esquema se deu após uma série de campanas realizadas em horários diversos. Ao menos cinco pessoas foram presas nestas ocorrências.

No caso do Jardim São José, a Polícia Militar (PM) foi acionada e apresentou a ocorrência na delegacia.