Publicado 07 de Março de 2020 - 13h00

Por Gustavo Magnusson

O goleiro Ivan ganha a chance na Seleção Brasileira depois de ser titular da equipe que garantiu o País na Olimpíada de Tóquio:

Mauro Horita/EC

O goleiro Ivan ganha a chance na Seleção Brasileira depois de ser titular da equipe que garantiu o País na Olimpíada de Tóquio: "Isso é fruto de muito trabalho na Ponte Preta"

Após a conquista da vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio no mês passado, o goleiro Ivan, da Ponte Preta, recebeu ontem a sua segunda convocação na carreira para a Seleção Brasileira. O arqueiro já havia integrado a lista da equipe principal em setembro do ano passado, quando ficou no banco de reservas no empate por 2 a 2 com a Colômbia e na derrota por 1 a 0 para o Peru — ambos amistosos realizados nos Estados Unidos. Assim como naquela ocasião, Ivan foi beneficiado por lesão de Alisson (Liverpool), sendo novamente chamado por Tite ao lado de Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras). Desta vez, o pontepretano integra o grupo convocado para os dois primeiros jogos da Seleção nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 no Catar, contra Bolívia e Peru.

"Por mais que eu já tenha sido convocado antes, é uma sensação única e estou muito feliz com mais esse reconhecimento. Isso é fruto de muito trabalho na Ponte Preta. Quero agradecer a meus companheiros, ao nosso treinador de goleiros Betão e a todos aqueles que acreditam em mim. É muita honra estar entre os nomes que disputarão partidas tão importantes como as Eliminatórias. Será muito bom estar ao lado dos melhores jogadores brasileiros e espero corresponder novamente nos treinamentos”, afirmou Ivan.

Por conta da convocação, Ivan deve perder o último jogo da Ponte Preta na 1ª fase do Campeonato Paulista contra o Mirassol, fora de casa, na quarta-feira, 1º de abril. Isso porque o segundo jogo do Brasil nas Eliminatórias, contra o Peru, em Lima, será no dia anterior. Também é dúvida a presença do goleiro na penúltima rodada do Paulistão diante do Novorizontino, no Majestoso, dia 23, já que os convocados devem se apresentar em Recife entre os dias 22 e 23 de março.

Tite justificou a convocação de Ivan. "Temos goleiros extraordinários e na escolha dos três procuramos fortalecer também esses jogadores mais jovens como o Ivan, até para que ganhem maturidade", explicou.

Sondado por Barcelona e Milan, Ivan garante estar focado somente na Ponte Preta e na Seleção Brasileira neste momento, mas não esconde o desejo de seguir carreira no futebol europeu. "Assim como todo jogador, penso grande e quero jogar na Europa, onde estão os melhores atletas, mas estou feliz na Ponte", disse Ivan.

Escrito por:

Gustavo Magnusson