Publicado 07 de Março de 2020 - 9h17

Por AFP

Irán anunciou neste sábado (7) 21 novas mortes em decorrência da epidemia de Covid-19, e outros 1.076 casos de contágio nas últimas 24 horas. Uma das vítimas fatais foi a deputada recém-eleita Fatemeh Rahbar, de 55 anos, informou a agência de imprensa Irna.

Rahbar fazia parte dos candidatos conservadores eleitos em fevereiro em Teerã durante as eleições legislativas marcadas pela maior abstenção na história da República Islâmica.

Ela é a segunda integrante do Parlamento a morrer por causa do novo coronavírus, com oito líderes ou políticos que morreram com a epidemia, incluindo um consultor do ministro das Relações Exteriores do Irã, Hosein Sheikholeslam.

"Mais de 16.000 pessoas estão hospitalizadas atualmente por suspeitas de possíveis casos" de coronavírus, informou o porta-voz do Ministério da Saúde, Kianoush Jahanpour.

Em coletiva de imprensa neste sábado, o porta-voz explicou que 1.669 casos confirmados tinham se curado.

Na quinta-feira, autoridades iranianas decidiram fechar escolas e universidades por um mês, para conter a propagação do vírus.

amh/awa/on/me/jvb/ll

Escrito por:

AFP