Publicado 06 de Março de 2020 - 23h17

Por AFP

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Assis foram detidos na noite desta sexta-feira e levados a um quartel da polícia em Assunção, por ordem da Procuradoria Geral do Paraguai.

"A Procuradoria Geral determinou a detenção de Ronaldinho por uso de documento público de conteúdo falso e solicitou medida cautelar de prisão preventiva", revela um tuíte do Ministério Público.

hro/ma

Escrito por:

AFP