Publicado 06 de Março de 2020 - 20h18

Por Estadão Conteúdo

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse nesta sexta-feira , 6, que a pasta deve necessitar de novos recursos para enfrentar a epidemia do novo coronavírus, mas voltou a dizer que ainda não há como precisar o montante extra que poderá que poderá ser requisitado.

"Não tenho números (sobre recurso extra), isso parte de cenários, este ano o orçamento tem características diferentes de anos anteriores", disse o ministro, lembrando que já teve conversas com o Congresso Nacional sobre o assunto.

Mandetta também afirmou que, para chegar a um número, o ministério acompanha como outros países com epidemia mais avançada trabalharam com os gastos extra. "Pode ser um R$ 1 bilhão, R$ 3 bilhões, R$ 5 bilhões, não há como saber ainda", disse.

O ministro ponderou que ainda tem condições de enfrentar a situação atual com os próprios recursos da pasta. "No meu próprio orçamento já temos remanejado", disse.

Escrito por:

Estadão Conteúdo