Publicado 06 de Março de 2020 - 14h38

Por Estadão Conteúdo

A Petrobras firmou novo aditivo ao contrato de suprimento de gás natural (GSA) com a Yacimientos Petrolíferos Fiscales (YPFB). Em comunicado ao mercado, a petrolífera explica que o contrato se refere ao volume de gás contratado em 1999, no início da operação do gasoduto Bolívia-Brasil, e que ainda não foi retirado pela Petrobras.

O aditivo prevê a redução da obrigação de fornecimento da YPFB para a Petrobras de 30,08 milhões m³/dia para 20 milhões de m³/dia, permitindo que o excedente de volume possa ser comercializado diretamente pela YPFB com outros agentes do mercado no Brasil.

Segundo a petrolífera brasileira, com isso está concluída mais uma etapa do Termo de Cessação de Conduta (TCC) assinado com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Escrito por:

Estadão Conteúdo