Publicado 05 de Março de 2020 - 20h37

Por AFP

Empresas de tecnologia de Seattle, novo foco do coronavírus nos Estados Unidos, estão incentivando seus funcionários a trabalhar de casa, em um esforço para conter a epidemia.

Dez das onze mortes pelo vírus no território americano ocorreram neste estado do noroeste, que declarou emergência e onde as empresas de tecnologia adotaram medidas por conta própria.

A Amazon, que transformou a cidade com seu campus urbano, deu sinal verde para que seus mais de 50 mil funcionários da região trabalhem de suas casas.

"Recomendamos aos funcionários em Seattle/Bellevue que possam trabalhar de casa que o façam até o final do mês", disse a Amazon à AFP.

Facebook e Google, que também expandiram suas operações em Seattle, incentivam seus funcionários do Estado de Washington a trabalhar de casa para reduzir o contágio do novo coronavírus.

Microsoft, baseada em Redmond, nos arredores de Seattle, recomendou o home office para seus funcionários durante as duas próximas semanas.

Empresas como a Microsoft também recomendam que maiores de 60 anos e pessoas com histórico médico tirem férias se seu trabalho exige a presença no escritório.

"Estamos dando orientação em tempo real aos funcionários em todas as regiões afetadas", disse a Microsoft à AFP.

Amazon confirmou que um funcionário foi infectado pelo coronavírus.

Ao menos 97 mil pessoas foram infectadas e 3.300 morreram em todo o mundo vítimas do novo coronavírus, já presente em 85 países.

FACEBOOK

MICROSOFT

BOEING

GOOGLE

AMAZON.COM

Escrito por:

AFP