Publicado 05 de Março de 2020 - 12h17

Por AFP

O grupo aéreo Lufthansa anunciou, nesta quinta-feira (5), a suspensão de todos os seus voos para Israel a partir de 8 de março, depois de o país ter proibido a entrada de cidadãos de França, Alemanha, Espanha, Suíça e Áustria pelo novo coronavírus.

Lufthansa e suas filiais Swiss e Austrian Airlines vão aplicar a medida até 28 de março. A decisão das autoridades israelenses levou à "redução significativa da demanda de voos para Israel", argumentou a companhia.

"Certos voos para Tel Aviv foram anulados nesta sexta e sábado", já que os membros da tripulação se viram "afetados por estas restrições", afirma o grupo.

Lufthansa, Swiss e Austrian Airlines operam dez voos por dia para Tel Aviv. A Lufthansa também oferece um voo por semana para Eilat.

Na quarta-feira, a companhia aérea alemã já havia anunciado que deixaria em terra, "a partir desta semana", 150 de seus aparelhos, devido ao impacto do novo coronavírus.

jpl/cfe/es/eg/tt

DEUTSCHE LUFTHANSA AG

Escrito por:

AFP