Publicado 04 de Março de 2020 - 19h07

Por Estadão Conteúdo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acredita ser possível aprovar ainda neste primeiro trimestre o projeto de autonomia do Banco Central. "Tem chance, mas depende muito da relação com o governo. Se a relação estiver melhor organizada, acho que facilita um tema que está pronto para votar", disse Maia.

Segundo ele, o Senado deve votar primeiro a proposta e a Câmara deve aguardar a Casa vizinha. "O Senado ficou de votar primeiro e depois a gente votar. Vamos esperar o Senado. Mas estamos prontos para votar. Se a Câmara tiver alguma divergência com o Senado, retifica e devolve. O Senado terá a palavra final. A equipe do BC vai ter tempo suficiente para convencer os deputados e senadores que essa inclusão está ou não correta. Aí depende muito da tramitação nas duas Casas."

Em relação às propostas de emenda constitucional do pacote econômico tramitado no Senado, Maia disse que ainda é viável aprovar no primeiro semestre deste ano.

Escrito por:

Estadão Conteúdo