Publicado 04 de Março de 2020 - 16h17

Por AFP

O Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu nesta quarta-feira (4) autorizar a presença de dois porta-bandeiras por país durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

A Comissão Executiva do COI "aprovou uma modificação das diretrizes protocolares do COI permitindo a dois atletas, um homem e e uma mulher de cada comitê nacional olímpico, de serem porta-bandeiras durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos", anunciou a entidade.

A medida não é obrigatória, mas sim facultativa.

Segundo o COI, os Jogos de Tóquio "serão os primeiros da história nos quais o equilíbrio entre os gêneros será respeitado, com 48,8% de mulheres entre as participantes".

ebe/jde/am

Escrito por:

AFP